Saturday, June 09, 2012

.

So... life goes back the normal! Thanks Lord!

Tuesday, November 01, 2011

...

Day off, com dia chuvoso, me leva a frente do computador, que me leva a frente da internet, que me leva a ler certas coisas que me levam a pensar no sentimento mais básico e as vezes inexistente no ser humano, o AMOR.
Acabei de ler um texto da Folha.com, assinado pelo jornalista Gilberto Dimenstein, onde ele dizia-se envergonhado pelos e-mails que recebeu sobre o câncer do Lula. E sem entrar no mérito do posicionamento da imprensa no Brasil, somente lendo os comentários que seguiam o texto, percebi que o que falta para o mundo é amor, amor ao próximo.
O ser humano é egoísta, ego centrista, e algumas pessoas são simplesmente burras e incapazes de pensar no próximo, se o seu sapato não apertar. Esses que desejam o SUS para o Lula, não estão incorretos (porque o SUS deveria ser um lugar no mínimo bom, pela quantidade de recursos humanos e financeiros existentes no Brasil para a saúde), mas não percebem que ele mesmo no SUS, não seria tratado como igual. Quanta tolice o que se fala. Essas pessoas, que rebatem, com tanto ódio e com sentimento de “bem feito, ele se fudeu” a uma doença tão triste e grave, não tem amor no coração e além de tudo são ignorantes.
Fico pensando também no Gadaffi, sim ele não prestava perante a opinião pública, para grande parte do seu povo e não prestava para mim também (mesmo que eu nunca tenha estado na Líbia, não tendo um parente se quer por lá). Mas faço parte do mundo, que quer o mundo mais justo, sem pessoas pisando nas outras através do poder. Porém, as pessoas que lincharam o homem da forma repugnante e desleal que fizeram me levam a crer que mereciam toda a repressão daquele homem, porque não tiveram o simplesmente amor pelo próximo.
Ninguém é bom ou mau, creio que para a maioria só falta amor. Amor, para tratar as outras pessoas bem, para um mundo melhor, para saber que todos os seres humanos são feitos das mesmas coisas, matéria e alma. Com amor, existiria bondade, para respeitar os nossos iguais, mesmo eles sendo desiguais aos nossos pensamentos e ideologias. As pessoas deveriam só amar e não despejar maldade pela boca e por atos, que não levam a nada, só a um câncer na sua forma mais letal, o câncer d’alma!


http://www1.folha.uol.com.br/colunas/gilbertodimenstein/999070-o-cancer-de-lula-me-envergonhou.shtml

Wednesday, October 26, 2011

LIFE IS GOOD =)

Wednesday, September 07, 2011

...

APRENDI DA FORMA MAIS ARDUA, QUE NA DÚVIDA, NÃO DEVO FAZER NADA! CASO NÃO CONSIGA DEVO GRITAR E DEPOIS MANDAR A MERDA!

Thursday, September 01, 2011

Friday, January 07, 2011

Injeção na testa

tava pensando como alguns ditados populares vem perdendo lugar na sociedade brasileira... antigamente, as pessoas diziam "de graça nem injeção na testa", expressão usada para dizer que nada nessa vida é de graça... Pois agora, injeção na testa não é mais de graça mesmo, hoje em dia injeção na testa é botox e isso custa caro!
...
Ok, este post é péssimo e eu só lembrei desse ditado, eu admito! Mas sabe o que é, estava com saudades de passar por aqui! 

Thursday, December 23, 2010

trintinha ou trintão?


“Acabou de acabar” os meus vinte anos, ou teoricamente ainda não, pois só nasci às 18hs. Ok, não lembro onde terminou os meus “teens”  porque acho que queria muito que eles acabassem logo, mas os vinte me fizeram muito feliz, acho que merecem um adeus maior!  Durante os 20 construi e desconstrui  a minha vida tantas vezes... acho que a idade permite, mas os 30 não! Foi uma década fantástica e feliz, com espinhas e incertezas da adolescência, mas com mais responsabilidades ... Preciso ler Balzac, se alguém estiver sem sugestão de presente , ai esta uma...
A única coisa certa é que commorarei os meus trinta com uma super festa!!!
Que venha os 30!!! trintinha e trintão, VIVA!
P.S.: para vc que ainda desfruta dos vinta e pensou, cara ela é velha, te digo foda-se! Enquando me pedirem id na porta da boate e/ou me derem vinte dois, esta valendo e muito, afinal sabedoria de trinta, com carinha de vinta é para  poucos!